Acordo entre editoras e Google é suspenso nos EUA

Consultor Jurídico
23/03 

O Google está proibido de digitalizar livros nos Estados Unidos, é o que determinou a Justiça norte-americana que, nesta terça-feira (22/3), suspendeu o acordo comercial entre a empresa e as editoras dos Estados Unidos, após o Google oferecer 15 milhões de livros digitalizados, disponíveis em plataformas como os e-books.

Em 2005, organizações e editores moveram uma ação em que alegavam que o Google fazia concorrência desleal e violava direitos autorais. As duas partes chegaram a um acordo, que foi suspenso esta semana. No acordo, o Google promovia a venda online dos livros parcialmente digitalizados. Para a Justiça de Nova York, mesmo com o acordo, o Google ainda pode desequilibrar a livre competição no mercado editorial e não remunerar as editoras e autores adequadamente.

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *